Lei de Acesso à Informação
Busca
Coordenadoria de Comunicação da UFRJ
Reforma no alojamento estudantil da UFRJ

PHILIPPE NOGUCHI- AGÊNCIA UFRJ DE NOTÍCIAS – CENTRO DE TECNOLOGIA
dmvi@reitoria.ufrj.br

Serviços de assistência não são regalias oferecidas a estudantes de baixa renda, apesar de considerados por muitos como tal. Esses serviços representam os direitos fundamentais de qualquer cidadão e, portanto, de cada jovem ingresso numa Universidade Federal via concurso. Entre eles encontra-se o direito à moradia, serviço oferecido pela UFRJ nos alojamentos. Completando esse mês 35 anos de existência, o alojamento universitário abriga grande parte dos alunos carentes, aqueles que sem este tipo de auxílio simplesmente não teriam condições de estudar na Universidade.

Os alojamentos da Cidade Universitária contam hoje com 504 quartos, distribuídos igualmente em dois blocos: feminino e masculino. Apesar de existirem  e funcionarem, é do conhecimento de todos que os alojamentos ainda carecem de amplas reformas. No entanto, medidas vêm sendo tomadas recentemente para solucionar os problemas relacionados à infra-estrutura dos prédios, com obras de manutenção e aprimoramento.

A diretora do alojamento, Veraluce Aguiar Esteves, afirma que essas medidas estão sendo concretizadas na medida docomo possível, de acordo com a quantidade de verba obtida junto a reitoria para este fim. Entre as obras em andamento estão a reforma do sistema elétrico, das caixas d’água e das janelas do bloco masculino, a construção de cozinhas, de uma área social para os estudantes e do laboratório de informática. Dois módulos do prédio masculino também sofreram uma reforma completa.

“As reformas estão caminhando lentamente, realmente não temos dinheiro suficiente. Mas temos certeza que algo está sendo feito para melhorar os prédios. As caixas d’água por exemplo eram as mesmas desde a construção dos alojamentos há mais de 30 anos e nós recentemente conseguimos trocá-las por novas”, afirmou a diretora Veraluce.

Para o arquiteto Ramon de Assis, integrante do gabinete do reitor e responsável técnico pelas obras, a demolição das antigas caixas d´ água era indispensável em função do iminente risco de ruptura que apresentavam. “Nossa intervenção foi essencial,, pois além de atuarmos preventivamente, melhoramos a questão do abastecimento e qualidade da água fornecida para toda a ala masculina”, destacou Ramon.

A diretora explica que as reformas feitas nos módulos até agora foram feitas servem como parâmetro para avaliar a viabilidade financeira das obras em todos os módulos, no futuro.

Os problemas enfrentados pelos estudantes

Grande parte dos estudantes alojados no campus da Universidade veioieram de fora da cidade do Rio de Janeiro. Este é o caso de Clessia, estudante da Faculdade de Letras, que veiovinda de Uberlândia; e Rodrigo, estudante de Meteorologia, que veio de Petrópolis. Há dois anos alojados, os estudantes afirmam que as reformas vêm de fato melhorando a estrutura dos alojamentos em alguns pontos, mas explicam que tudo ainda está muito no início e que ainda há muitas coisas para fazer.

“Os módulos novos do masculino estão muito bons e espero que esse projeto chegue aos outros módulos. Mas sobre isso realmente não temos muita informação”, afirmou a estudante de Letras.

O estudante Rodrigo afirma, por mais que estejam sendo tomadas medidas mantenedoras, o alojamento masculino ainda carece de muita estrutura, principalmente relacionada ao sistema elétrico. O estudante também critica a falta de funcionalidade e informação.

“Há uma falta de informação muito grande no alojamento. Não há a menor preocupação em nos deixar a par do que acontece aqui e isso é muito ruim. Quando somos aceitos, simplesmente nos dão onde morar e não passa disso”, afirmou.

Os critérios para acesso aos alojamentos

O número de vagas oferecidas pelos alojamentos tem sido muito inferior ao número de alunos solicitantes desse benefício. Em razão disso, anualmente, a Divisão de Assistência ao Estudante (DAE) organiza um rigoroso processo de seleção dos candidatos às vagas.

A diretora Veraluce explica, os principais critérios para o ingresso aos alojamentos são a renda familiar e a distância de moradia. Afirma, no entanto, que estes não são os únicos critérios, uma vez que também são consideradas variantes sociais, analisadas pelas assistentes sociais da DAE.

Os alunos também passam por uma avaliação psicológica, que visa o para o levantamento de características de personalidade dos mesmos, observando o aspecto emocional e o relacionamento interpessoal. Essa é uma medida de caráter preventivo em perceber ou evidenciarque busca detectar a existência de sinais indicadores de psicopatologias e, no caso de seu aparecimento, sugerir o encaminhamento para Centros de Referência da UFRJ.



Publicado em:
27/09/2007
Encontro Nacional dos Estudantes de Comunicação mobiliza alunos da UFRJ 01/08/2014
Começa no Rio o 3º Encontro Internacional de Reitores Universia 28/07/2014
Últimos dias da exposição “Cadê a Química?” 23/07/2014
CFCH repudia prisões arbitrárias e apoia a liberdade de manifestação 23/07/2014
Aluno da UFRJ já pode solicitar bolsa do MEC 23/07/2014
Reitor fala à TV Brasil sobre desafios da gestão das universidades públicas 23/07/2014
Seminário discute privatização da saúde no Brasil 23/07/2014
UFRJ promove debate sobre Programa Nacional de Plataformas do Conhecimento 23/07/2014
Robô da Coppe vai monitorar stoplogs da Usina Hidrelétrica Jirau 23/07/2014
A UFRJ e o caso Delmar 23/07/2014
VOLTAR
Patentes da UFRJ - Encontre aqui as tecnologias disponíveis, patentes requeridas e concedidas, registros de software e outras formas de Proriedade Intelectual administradas pela Agência UFRJ de Inovação.
PORTAL DE EVENTOS - Esta ferramenta de Integração à Comunicação da UFRJ e tem o propósito de dar visibilidade às atividades Institucionais, Acadêmicas, Científicas e Culturais. CADASTRE AQUI SEU EVENTO
UFRJ Notícias - Boletim semanal com informações de interesse geral sobre a UFRJ, voltado para todos os públicos. Produzido pela Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor, funciona também como divulgador de pautas para a imprensa.
Agência UFRJ de Inovação Tecnológica - A Agência UFRJ de Inovação é responsável por Gerenciar a política de inovação bem como sua difusão e aplicações no âmbito da UFRJ.
Cartas de Serviços dos Hospitais Universitários - Você poderá conhecer o conteúdo de cada Carta de Serviços ao Cidadão com as devidas orientações de participação e manifestação.
Super AFSede - CoordCOM: A Superintendência Geral de Atividades Fora da Sede foi criada para atender à política de ampliação da oferta de vagas e da necessidade de interiorização dos cursos no âmbito da UFRJ
Campus UFRJ - Xerém:  presença da UFRJ na produção de conhecimento e no crescimento do município de Duque de Caxias e da região da Baixada Fluminense.
CRIAR: tem como missão identificar, estimular e promover iniciativas inovadoras de unidades acadêmicas e órgãos suplementares da UFRJ, além de constituir-se num elemento de interface para o relacionamento e transferência dessas iniciativas para os demais agentes do desenvolvimento econômico e social, públicos e privados.
Monitoramento de trânsito: Verifique o trânsito nas saídas da Cidade Universitária pelas câmeras pela Prefeitura da UFRJ - CET-Fundão.
Superintendência Geral de Comunicação Social da UFRJ:  atua como mecanismo comunicacional integrador da universidade com as suas unidades acadêmicas e com a sociedade em geral.
Campus UFRJ-Macaé:  presença da UFRJ na produção de conhecimento e no crescimento do município de Macaé e da região do Norte Fluminense.
WebTV UFRJ:  veículo da Superintendência Geral de Comunicação Social da UFRJ, orientado para a produção de videojornalismo e produtos audiovisuais especiais.
SUPEREST - Superintendência Geral de Políticas Estudantis: tem por objetivo constituir-se numa estrutura pedagógico-administrativa vinculada ao Gabinete do Reitor, voltada ao planejamento, coordenação, acompanhamento e avaliação dos programas e ações direcionados à comunidade discente.
Imagem UFRJ: banco de imagens da Superintendência Geral de Comunicação Social da UFRJ.
Superintendência de Tecnologia da Informação e Comunicação da UFRJ: é vinculada à Pró-reitora de Gestão e Governança (PR-6).